Segunda-feira, 26 de Março de 2007

Da direita (texto de 2005)

Se houver uma realidade objectiva, independente do observador que somos – coisa pouco provável, diga-se! — as palavras nunca a dirão bem. Se falarmos da realidade das palavras, de uma que se molde a elas, mesmo assim há quem dê às palavras conteúdos diferentes; conteúdos aparentados, muitas vezes, mas sempre diferentes, variando com a sub cultura dentro da língua.

Resta dizer o que é a direita neste texto (escrito às 6 da manha para substituir os cigarros).

A direita é o ponto de vista conservador (a esquerda o inovador). Tem, portanto, razão de ser se a inovação for para piorar e não tem razão se ela for para melhorar. Mas a direita é também o temperamento que se atém ao ponto de vista conservador, aquele que tem medo da mudança só porque é mudança. A esse temperamento, o estudo só interessa se for ajudar a manter tudo como está, no essencial. “É preciso que mude alguma coisa para que tudo fique na mesma”, como dizia o belo príncipe siciliano, personagem de Visconti, face às mudanças que Garibaldi trazia.

Há uma direita inteligente, ou melhor, que vê as coisas como são—na medida em que isso possa ser!—direita que sabe que as sociedades são injustas, mas que não acredita que possam deixar de o ser. Baseia-se na História, mas essa pode ter sido escrita por quem tenha apagado—ou nem mesmo pensado em inclui-los—alguns momentos em que houve justiça, no sentido social da igualdade, não apenas no legal.

O problema com a direita, como com tudo, é o exagero. O temperamento conservador pode cair na tentação de negar a evidência. Pode mesmo proibir que se diga o que vier pôr em causa o pensamento habitual, tranquilizador, os hábitos. A censura é de direita. Se Estaline a usou foi de direita.

O lado chocante da direita não é bem o ser conservadora, é o uso do poder para negar o diálogo, a procura de verdades novas. Para negar o direito de pensar, de escrever, de procurar a Verdade (claro que é provável que não exista, mas dessa procura se tem feito a civilização).

Pode-se ouvir uma pessoa de direita dizer que “a Verdade não interessa”. Aí estamos no desequilíbrio — que também pode acontecer à esquerda, se negar o irracional! —estamos no caminho em que a única inovação são as modas irracionais e cíclicas, estamos a negar a razão, a civilização, a possibilidade de fazer ciência.

Ora, somos animais irracionais, sujeitos a paixões. Se a paixão da ordem habitual, da aparente segurança que ela traz nos levar a ser surdos, a não querer ouvir, ver, interrogar, pensar, essa paixão levar-nos-à ao sofrimento. Creio que  havia umas irmãs do Lampedusa que recusavam a tal mudança para que tudo ficasse na mesma.

Mas há um sofrimento que não é sofrimento, não é visível: podemos ter sempre jantares com criados de libré e ter perdido algo que nem sabemos já que existe: o gosto de procurar a inacessível verdade, de experimentar novos critérios, de estudar.

A direita corre o risco de “vender a alma ao diabo”: quando pede a quem diz algo que incomoda que se cale, ou quando já não pede, ordena que se cale. Ou quando manda prender quem possa pôr em causa as “certezas” em que baseia a sua segurança.. Quando rejeita, quando mata, porque chega aí a defesa do sonho, do único mundo que lhe faz sentido, mesmo que seja injusto, irracional. Mata o mensageiro da verdade, se for preciso, tudo menos vê-la.

 

Na linha da esquerda temos quem inventou que somos livres, o tal livre arbítrio. Quem inventou que somos todos iguais, todos irmãos, filhos do mesmo Pai celeste.

“Não percebia nada de finanças nem consta que tivesse biblioteca” mas é muito citado pela direita, pouco pela esquerda. Paradoxos.

publicado por paradoxosfilho às 01:54
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Visitante de acaso a 29 de Março de 2007 às 00:17
Outro poema da Sophia, do tempo da outra senhora:
"O velho abutre é sábio e alisa as suas penas/A podridão lhe agrada e seus discursos/Têm o dom de tornar as almas mais pequenas."


Comentar post

.Contador

Free Hit Counter
Free Hit Counter
Relógio do Mundo As horas nas principais cidades

.arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.favorito

. Arte

. Afirmações de um pedreiro...

. Paradoxos filho

. Bem aventurados os pobres...

. Dignidade e respeito

. 50 anos

. O poder não é útil

. O Sol e a Lua 3

. Aquecimento global, relat...

. Escrever

.posts recentes

. Sob o signo de Sagitário

. Shministim

. "Desejo ser um criador de...

. hum

. A Verdade interessa

. Toghether

. "The true genius of Ameri...

. On the top of the world

. "De alma e coração", Uran...

. A Democracia americana ai...

. Zeitgeist

.tags

. 25 de abril

. aborto

. américa do sul

. amor

. analogias

. aquecimento global

. aristóteles

. astrologia

. beatles

. bento xvi

. bob dylan

. bolhão

. bom senso

. brasil

. bush

. caos kafkiano

. castelhano

. charlot

. chavez

. cidades

. ciência

. co2

. Constituição

. criatividade

. crise climática

. crop circles

. democracia

. desenvolvimento

. dignidade

. direita

. direitos humanos

. dr. mendes

. durão barroso

. ecologia

. educação

. emoção

. energia

. erro

. espírito

. esquerda

. estética

. ética

. europa

. f. pessoa

. f.pessoa

. família

. fome

. fumar

. g8

. gaia

. gelo

. globalização

. hipocrisia

. hospital

. humildade

. humor

. iatrogénica

. Ibéria

. império

. imprensa

. inconciente

. inconsciente

. infância

. iraque

. Islão

. jihad

. josé socrates

. jovens

. justiça

. karl marx

. lei

. liberdade

. livro-do-desassossego

. lua

. marilyn

. marx

. meninos

. modernidade

. montados

. natal

. naus

. obama

. onu

. opinião pública

. pão

. papa

. paradoxos

. paz

. petróleo

. platão

. plutão

. poder

. razão

. realidade

. respeito

. salazar

. sócrates

. turquia

. utopia

. verdade

. todas as tags

Solar X-rays:

Geomagnetic Field:
>
Status
Status
 
From n3kl.org
OnlineConversion.com É um conversor para todas as medidas