Domingo, 20 de Julho de 2008

Sinal de esperança

Creio que haja valores comuns a toda a gente, de qualquer civilização. O respeito pelas pessoas, incluindo-nos nelas, sintetiza os mais importantes. Como podemos respeitar e faltar à verdade, por exemplo? E como podemos tirar a liberdade a alguém, por mais valiosa que seja a causa?
Em qualquer lado do mundo se pode considerar que as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), ao sequestrarem pessoas, têm um comportamento indecente.
Partilho com elas e com Chavez a convicção de que é necessário ultrapassar o capitalismo, acredito, até, que isso aconteça inicialmente na América do Sul. Mas os fins não justificam os meios.
A boa notícia é a da solidariedade do mundo: aproveitando o ser notícia por ter sobrevivido ao cativeiro, Ingrid Betancourt tem contribuído para
enormes manifestações que poderão acordar a noção de decência e de respeito pelo outro nos guerrilheiros das FARC. As grandes ideias existem para servir as pessoas. Se as não servem não são grandes ideias.
Sim, é necessário ultrapassar o capitalismo. Isso há de acontecer quando todos o compreenderem, como na Venezuela, em que o povo votou, em eleições decentes, em Chávez. A falta de respeito pelo outro é o limite da nossa liberdade. O mundo compreende isto, deve ser, simplesmente, Verdade.

publicado por paradoxosfilho às 21:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Parabéns, Presidente Nelson Mandela!

Nelson Mandela, aqui aos 19, faz, hoje, 90 anos.

Tem o carinho e a admiração do mundo todo. Deixe-se ficar por cá, que faz falta! 

publicado por paradoxosfilho às 17:30
link do post | comentar | favorito
|

U.S.A.

"Todos os homens nascem livres e iguais em direitos". Trata-se de um país criado por uma ideia ou um conjunto de ideias que ficou melhor definido na Declaração Universal dos Direitos Humanos, em 1948 adoptada pela ONU e que nos dá um claro propósito para o que queremos que o mundo seja: terra de gente livre!

Mas o liberalismo permitiu que esse grande país viesse a estar dominado por meia dúzia de bilionários e de grandes Companhias e "Corporações" como se diz por lá. Os quais criaram e defendem esta sociedade de consumo que está a consumir o planeta. A possível chegada de Barack Obama à presidência dos E.U.da A. é um momento de esperança para o mundo, de mudança de paradigma. Pode ser que o maior exército deixe de estar nas mãos das companhias de petróleo, de armamentos e da alta finança em geral; pode ser.

Não é tempo de guerras, elas criam a fome e é tempo de resolver a fome, daí virá a saúde das pessoas e do planeta doente, a prosperidade, o florescimento das culturas, do espírito humano.

Oxalá os portugueses que vão votar na América vejam as coisas assim; o paradoxo é estar aqui em Portugal a fazer propaganda política que, aparentemente, nada tem a ver connosco, com o aprofundamento dos laços culturais na Comunidade de Países de Língua Portuguesa, esse sim, um desígnio nosso; aparentemente. Quanto da guerra em Angola foi lucro de indústrias de armamento americanas, por exemplo?

publicado por paradoxosfilho às 13:33
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Julho de 2008

Para lá da Política Internacional --assunto nosso!

O Conselho de Segurança da ONU encarregou Luis Moreno-Ocampo de fazer uma investigação sobre o crime de genocídio no Sudão.

Hoje ele apresentou provas ao Tribunal Internacional de que mais de dois milhões de pessoas estão em risco de vida, além das mais de duzentas mil que já morreram. O governo do Sudão usa o estupro (violação) como arma e o genocídio é um projecto em curso.

O paradoxo é que os estados são soberanos e servem para proteger os seus povos, fazem parte da ONU, não devem ser agredidos por outros estados mas as pessoas têm direitos individuais. O resultado é uma interminável negociação do resto do mundo com o governo do Sudão, durante a qual o genocídio se vai fazendo, paulatinamente.

O conflito de interesses deve ser resolvido a favor dos indivíduos em risco de vida. A ONU, para ser consequente com a Declaração Universal dos Direitos Humanos deve usar a força contra o legítimo governo do Sudão.

Isto pressupõe assumir-se como autoridade supra-nacional. A situação mostra a necessidade disso. Porém deverá ficar claro que só terá essa autoridade quando, de forma claramente provada, haja um governo que agride uma das populações que governa. É o caso. 

Oxalá a ONU saiba estar ao nível das suas responsabilidades. E oxalá o resto do mundo reafirme a necessidade de respeitar os direitos humanos.

As "super-potências" têm desprestigiado a ONU e não têm autoridade (nem interesse?) para resolver este crime. Se a ONU conseguir actuar em tempo útil estaremos num novo mundo. Ter-se-à passado algo semelhante à centralização do poder real nos países europeus, que policiou a nobreza a favor do povo. Importante será que os países continuem a controlar a ONU, que se não crie um poder planetário. 

Em certos casos, como este, o conjunto dos países do mundo tem o direito de intervir num país soberano. O assunto deveria ser apresentado na Assembleia Geral, a decisão teria mais legitimidade que a do Conselho de Segurança.


publicado por paradoxosfilho às 14:02
link do post | comentar | favorito
|

.Contador

Free Hit Counter
Free Hit Counter
Relógio do Mundo As horas nas principais cidades

.arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.favorito

. Arte

. Afirmações de um pedreiro...

. Paradoxos filho

. Bem aventurados os pobres...

. Dignidade e respeito

. 50 anos

. O poder não é útil

. O Sol e a Lua 3

. Aquecimento global, relat...

. Escrever

.posts recentes

. Sob o signo de Sagitário

. Shministim

. "Desejo ser um criador de...

. hum

. A Verdade interessa

. Toghether

. "The true genius of Ameri...

. On the top of the world

. "De alma e coração", Uran...

. A Democracia americana ai...

. Zeitgeist

.tags

. 25 de abril

. aborto

. américa do sul

. amor

. analogias

. aquecimento global

. aristóteles

. astrologia

. beatles

. bento xvi

. bob dylan

. bolhão

. bom senso

. brasil

. bush

. caos kafkiano

. castelhano

. charlot

. chavez

. cidades

. ciência

. co2

. Constituição

. criatividade

. crise climática

. crop circles

. democracia

. desenvolvimento

. dignidade

. direita

. direitos humanos

. dr. mendes

. durão barroso

. ecologia

. educação

. emoção

. energia

. erro

. espírito

. esquerda

. estética

. ética

. europa

. f. pessoa

. f.pessoa

. família

. fome

. fumar

. g8

. gaia

. gelo

. globalização

. hipocrisia

. hospital

. humildade

. humor

. iatrogénica

. Ibéria

. império

. imprensa

. inconciente

. inconsciente

. infância

. iraque

. Islão

. jihad

. josé socrates

. jovens

. justiça

. karl marx

. lei

. liberdade

. livro-do-desassossego

. lua

. marilyn

. marx

. meninos

. modernidade

. montados

. natal

. naus

. obama

. onu

. opinião pública

. pão

. papa

. paradoxos

. paz

. petróleo

. platão

. plutão

. poder

. razão

. realidade

. respeito

. salazar

. sócrates

. turquia

. utopia

. verdade

. todas as tags

Solar X-rays:

Geomagnetic Field:
>
Status
Status
 
From n3kl.org
OnlineConversion.com É um conversor para todas as medidas