Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008

Amanhecer

Vi a Estrela da Manhã, antes de o Sol nascer. Por um momento pressenti o encanto deste mundo onde nos perdemos, nos labirintos que criamos. As ideias são cortinas que corremos para que a luz não entre. 

Um momento. Numa escala apenas da nossa espécie, não precisa de ser a da Terra nem a do Cosmos, a nossa vida é um momento. Brilhamos, por instantes, instantes que passamos a correr cortinas, a prender a nossa luz como uma mãe que não deixa o filho sair do alcance do olhar, por medo de o perder. 

Os raros carros são mais barulhentos que de dia e imagino que somos poucos a olhar o céu, antes de o Sol nascer. Prendemo-nos às coisas importantes, às coisas a que demos a importância de nos prenderem. 

Pelas aldeias que vão deixando de o ser a ideia de fugir à pobreza tomou conta da cultura antiga. Era muita pobreza, a cultura antiga não soube resistir, vendeu-se. Ouvi uma senhora bem posta, a mulher do dono da bomba de gasolina (a quem acontece agora velhos clientes pagarem com cheque sem cobertura) perguntar à empregada que se desdobra entre a caixa da bomba e a caixa do café, milhares de voltas ao balcão e de corredor corrido, se estava alguém na loja da bomba. Respondi que não estava, eu vinha de lá. Não estava no seu papel responder-me, eu não me lembro de a ver, disse para outro cliente e para a empregada que ia voltar para baixo, tinha trabalho (deve ter um escritório onde controla também a caixa da oficina e as mais que hão de vir) mas, antes, contou uma história.

Contou a história da ideia a que se prendera, por onde anda, por agora, a cultura popular. Era um homem que ia morrer e falou aos dois filhos, disse-lhes que queria ser enterrado com "uma certa quantia de dinheiro" no caixão, que esperava que lhe fizessem a vontade porque lhes deixava ainda bastante. O mais velho, que morava com ele, quando ele morreu, lá depositou o dinheiro e telefonou ao irmão. O irmão disse que o pai certamente se não importaria que ele substituísse as notas por um cheque e assim fez.

Cliente e empregada lá deram sinal de ter percebido que há gente esperta e gente burra, para felicidade da senhora esperta mas pareceram-me amarelos os sorrisos, atentos ao que faziam, indiferentes. Será que o paradigma reinante tem os dias contados? Que vai ser enterrado com um cheque?

Ou será que a pobreza que aí vem ainda mais vai reforçar os "burros" na convicção de o serem? 

Dantes as portas não se fechavam à chave, não era preciso. A confiança não era burrice, era assim.

O Sol levantou-se atrás da nuvens, no fim de semana choverá. Mas, depois, há de haver ainda um resto de Verão, há de brilhar de novo.

P.S. Enganei-me, será Outono e vai começar com chuva.

                        

publicado por paradoxosfilho às 06:50
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008

À procura do bosão de Higgs

 

Será o LHC, o maior e mais caro empreendimento científico de sempre, um dos sinais de que a era da revolução industrial chegou ao fim? Quando, antes, a ciência estava ao serviço da técnica e do dinheiro que a indústria traria, eis que é a técnica, a indústria e os biliões de euros de vários países que estão ao serviço da Ciência.

Há 250 anos (o ciclo de Plutão), a revolução industrial começava, era o conhecimento para produzir riqueza. Hoje, é  a riqueza para produzir conhecimento, uma nova era!

Á mudança de paradigma, a ciência a obrigar os políticos a controlar a emissão de CO2, por exemplo, é natural que se siga a revolução política propriamente dita, como se seguiu a Revolução Americana que podemos datar na Declação da Independência, em 1776. No nosso tempo teremos, lá para 2025, o poder político do mercado livre a dar lugar ao do conhecimento. Conhecimento que terá reencontrado a sabedoria tradicional amordaçada durante a modernidade, como, por exemplo, quiçá, a da astrologia.

publicado por paradoxosfilho às 15:45
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

Plutão de volta

 Hoje Plutão retoma o seu movimento aparente directo, deixa de ser retrógrado aos nossos olhos. Simbólicamente é a retoma dos assuntos que representa. Destruição de estruturas que já não interessam, catarses. Como estará em Capricórnio (ainda mais de 15 anos)  hoje deve haver sinais de abalo nas estruturas corruptas ou inadequadas da sociedade, os velhos poderes tremem. 

Paradoxalmente, podemos ter a atitude científica de observar os factos, embora as estruturas profundas em causa não sejam visíveis a olho nú e o abalo seja em ondas de anos, hoje o poder corrupto volta a perder o equilíbrio. Cairá, sincrónico com Plutão, ou não?

publicado por paradoxosfilho às 08:24
link do post | comentar | favorito
|

.Contador

Free Hit Counter
Free Hit Counter
Relógio do Mundo As horas nas principais cidades

.arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.favorito

. Arte

. Afirmações de um pedreiro...

. Paradoxos filho

. Bem aventurados os pobres...

. Dignidade e respeito

. 50 anos

. O poder não é útil

. O Sol e a Lua 3

. Aquecimento global, relat...

. Escrever

.posts recentes

. Sob o signo de Sagitário

. Shministim

. "Desejo ser um criador de...

. hum

. A Verdade interessa

. Toghether

. "The true genius of Ameri...

. On the top of the world

. "De alma e coração", Uran...

. A Democracia americana ai...

. Zeitgeist

.tags

. 25 de abril

. aborto

. américa do sul

. amor

. analogias

. aquecimento global

. aristóteles

. astrologia

. beatles

. bento xvi

. bob dylan

. bolhão

. bom senso

. brasil

. bush

. caos kafkiano

. castelhano

. charlot

. chavez

. cidades

. ciência

. co2

. Constituição

. criatividade

. crise climática

. crop circles

. democracia

. desenvolvimento

. dignidade

. direita

. direitos humanos

. dr. mendes

. durão barroso

. ecologia

. educação

. emoção

. energia

. erro

. espírito

. esquerda

. estética

. ética

. europa

. f. pessoa

. f.pessoa

. família

. fome

. fumar

. g8

. gaia

. gelo

. globalização

. hipocrisia

. hospital

. humildade

. humor

. iatrogénica

. Ibéria

. império

. imprensa

. inconciente

. inconsciente

. infância

. iraque

. Islão

. jihad

. josé socrates

. jovens

. justiça

. karl marx

. lei

. liberdade

. livro-do-desassossego

. lua

. marilyn

. marx

. meninos

. modernidade

. montados

. natal

. naus

. obama

. onu

. opinião pública

. pão

. papa

. paradoxos

. paz

. petróleo

. platão

. plutão

. poder

. razão

. realidade

. respeito

. salazar

. sócrates

. turquia

. utopia

. verdade

. todas as tags

Solar X-rays:

Geomagnetic Field:
>
Status
Status
 
From n3kl.org
OnlineConversion.com É um conversor para todas as medidas