Sábado, 16 de Dezembro de 2006

TLEBS

Como se pode ver nesta foto de uma entrada no programa de computador do Dicionário de Terminologia Linguística, os palavrões usados são os mesmos que se usam em castelhano, em francês e em inglês. Trata-se apenas de nos ligar ao mundo, de nos ajudar a falar a mesma linguagem, quando de gramática falarmos. Os exemplos são esclarecedores, os links dão muito jeito e creio que qualquer criança pode aprender gramática se for ao site da associação de professores (  http://www.app.pt/  ) e fizer o download  do programa. Claro que tudo é aperfeiçoável com o tempo, há de vir a ser ainda mais fácil de usar.

Creio que uma das razões do incómodo que o decreto trouxe a muitas pessoas é o serem forçadas a ver como as crianças aprendem nos computadores com tanta facilidade. Houve tempo em que aprendiam latim, sem ajuda informática, porque haveriam de ser menos capazes que os avós?

Excesso de paternalismo não deve ser o que as crianças precisam. A linguística é uma ciência, pode contribuir para fazer, um dia, uma língua mundial, melhor que as existentes, mais simples e mais rica, ensinada a todas as crianças do mundo. Só se lhes pede que conheçam os rudimentos dessa ciência, como se pede para a física, há vários níveis de profundidade.

Bernardo Soares, só publicado muitos anos depois de ter morrido, best-seller mundial, dizia que a gramática existe para ser subvertida; mas conhecia a inglesa, a portuguesa e, até, a francesa, quiçá a castelhana; se as suas “subversões” fossem tomadas por erros de gramática, pelos seus leitores, teria ele tantos?

É claro que saber gramática não faz um bom escritor. Mas não a saber também não! É claro que se não deve dar carne de bife a um bebé. Mas, quando ele dela tiver vontade, ainda bem que já há super-mercados e que se não vai ter que contentar com a broa de milho e com as couves do caldo. Muito embora saibamos que, se só comer bifes, não terá saúde. Como também a não teria se só comesse caldo e broa. Mas o bom-senso não se faz por decreto.

E é preciso para usar os decretos.

 

estou: sem vontade de um bife
publicado por paradoxosfilho às 19:46
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Franc a 17 de Dezembro de 2006 às 17:28
Plenamente de acordo. Sempre utilizei as palavras, tal e qual elas se apresentam, quer na minha prática pedagógica, quer na conversa com os meus filhos e o meu neto desde que nasceram. Não há uma linguagem para crianças e outra para adultos. As palavras são como são e devem ser utilizadas como tal. Saudações natalícias do Francisco.


De paradoxosfilho a 18 de Dezembro de 2006 às 12:09
Infelizmente não posso dizer o mesmo! Como sempre quando criticamos os outros, estamo-nos a criticar a nós mesmos, é o nosso inconsciente a falar connosco! Sempre procurei as palavras mais simples ao falar com crianças, com a desculpa que o bom português não usa palavras "caras". Mas as que devemos usar são as adequadas, e, se a crianças as não conhecerem estamos a dar-lhes uma oportunidade de as aprender, ouvindo-as a fazer sentido, podendo perceber porque é que não usamos outra mais vulgar. Abraço e obrigado por comentar.


Comentar post

.Contador

Free Hit Counter
Free Hit Counter
Relógio do Mundo As horas nas principais cidades

.arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.favorito

. Arte

. Afirmações de um pedreiro...

. Paradoxos filho

. Bem aventurados os pobres...

. Dignidade e respeito

. 50 anos

. O poder não é útil

. O Sol e a Lua 3

. Aquecimento global, relat...

. Escrever

.posts recentes

. Sob o signo de Sagitário

. Shministim

. "Desejo ser um criador de...

. hum

. A Verdade interessa

. Toghether

. "The true genius of Ameri...

. On the top of the world

. "De alma e coração", Uran...

. A Democracia americana ai...

. Zeitgeist

.tags

. 25 de abril

. aborto

. américa do sul

. amor

. analogias

. aquecimento global

. aristóteles

. astrologia

. beatles

. bento xvi

. bob dylan

. bolhão

. bom senso

. brasil

. bush

. caos kafkiano

. castelhano

. charlot

. chavez

. cidades

. ciência

. co2

. Constituição

. criatividade

. crise climática

. crop circles

. democracia

. desenvolvimento

. dignidade

. direita

. direitos humanos

. dr. mendes

. durão barroso

. ecologia

. educação

. emoção

. energia

. erro

. espírito

. esquerda

. estética

. ética

. europa

. f. pessoa

. f.pessoa

. família

. fome

. fumar

. g8

. gaia

. gelo

. globalização

. hipocrisia

. hospital

. humildade

. humor

. iatrogénica

. Ibéria

. império

. imprensa

. inconciente

. inconsciente

. infância

. iraque

. Islão

. jihad

. josé socrates

. jovens

. justiça

. karl marx

. lei

. liberdade

. livro-do-desassossego

. lua

. marilyn

. marx

. meninos

. modernidade

. montados

. natal

. naus

. obama

. onu

. opinião pública

. pão

. papa

. paradoxos

. paz

. petróleo

. platão

. plutão

. poder

. razão

. realidade

. respeito

. salazar

. sócrates

. turquia

. utopia

. verdade

. todas as tags

Solar X-rays:

Geomagnetic Field:
>
Status
Status
 
From n3kl.org
OnlineConversion.com É um conversor para todas as medidas