Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

Natal ortodoxo a 7 de Janeiro

       Putin exortou os jovens russos a celebrar o Natal ortodoxo, que é no dia 7 de Janeiro, porque seguem o calendário antigo. Disse que “é importante que a nova geração aceite os valores morais tradicionais”. Trata-se de um antigo membro do KGB, a polícia politica soviética, que estudou, durante anos, profundamente, o materialismo histórico. É provável que tenha o conceito da ética da responsabilidade, de que a verdade é o que é eficaz e que tenha a convicção de que se o império russo se continuar a desmembrar terá como destino inúmeras guerras pelas fronteiras dos seus vários países. É provável que Putin sinta a missão de ter mão de ferro para evitar o caos; ao que parece tem morto adversários políticos por “razões de estado”. Ao ligar-se à Igreja ortodoxa está a desvalorizar o estado laico e, assim, a desistir de integrar os estados maioritariamente muçulmanos usando a Razão, preferindo fazê-lo pela força.

Porém a Igreja ortodoxa está a fazer uma aproximação à Igreja católica e o papa Bento XVI, um intelectual, colocou-se como paladino da Razão, de novo insistindo, neste Natal, na ideia de que “a natureza de Deus é racional” e sendo o terceiro papa que se coloca claramente ao lado da ONU e da declaração universal dos direitos humanos (embora com uma interpretação sui generis). É provável que a Igreja ortodoxa também desista, com a clareza da católica, da ideia medieval de “conquistar” os outros povos para a sua fé pela força. Se assim for, se os direitos humanos forem ganhando prestígio entre os cristãos, isso ajuda os muçulmanos que se opõem à guerra contra o ocidente, dando-lhes argumentos. Há dirigentes religiosos muçulmanos que apadrinham os jovens ‘mártires” que se suicidam matando gente inocente, ou seja que apadrinham a guerra desesperada chamada terrorismo, prometendo-lhes o céu com honras especiais. Paradoxalmente o fundamentalismo cristão do actual presidente dos USA dá-lhes força, tira força aos teólogos muçulmanos que se opõem a essa doutrina da guerra ao ocidente por todos os meios. E essa polémica religiosa no seio do Islão tem uma importância desmesurada para a Paz no Mundo. Se Putin e Bush não se colocarem claramente ao lado da ONU e da declaração universal dos direitos humanos a Jihad, mal entendida, ganha força entre os muçulmanos.

Da Wikipédia: "Jihad", palavra da Língua Árabe, significa "exercer esforço máximo", podendo também ser entendida como "luta", mediante vontade pessoal de se buscar e conquistar a "fé perfeita". Ao contrário do que muitos pensam, Jihad não significa "Guerra Santa" nome dado pelos europeus à luta religiosa cristã (por exemplo: Cruzadas), mais guerra legitimada para o Islão. O que segue a Jihad é conhecido como Mujahid.

O Corão não descreve duas formas de Jihad, isto é uma invenção de Al-Ghazali (1058-1111): Uma, a "Jihad Maior", é descrita como uma luta do indivíduo consigo mesmo, pelo domínio da alma; e a outra: a "Jihad Menor",  é descrita como um esforço que os muçulmanos fazem para levar a mensagem do Islão aos que não tem ciência da mesma (ou seja, daqueles que não se submetem a Deus e à paz).

Há opiniões divergentes quanto às formas de acção que são consideradas Jihad. A Jihad só pode ser travada para defender o Islão. No entanto, alguns grupos acham que isto tem aplicação não apenas à defesa física dos muçulmanos, mas também à reclamação de terra que em tempos pertenceu a muçulmanos ou a protecção do Islão contra aquilo que eles vêem como influências que "corrompem" a vida muçulmana. A ideia da Jihad como uma guerra violenta é uma ideia criada por Ocidentais. De acordo com as formas comuns do Islão, se uma pessoa morre em Jihad, ela é enviada directamente para o paraíso, sem quaisquer punições pelos seus pecados.

De acordo com o sociólogo sírio-alemão especialista no Islão, ele próprio um muçulmano sunita, Bassam Tibi, o fenómeno do fundamentalismo islâmico é uma forma de oportunismo político de alguns grupos, que se aproveitam da noção de Jihad, desvirtuando o Islão para torná-lo um factor de acção política em proveito próprio.

 

publicado por paradoxosfilho às 14:45
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De caminheiro1 a 4 de Janeiro de 2007 às 21:48
Muito obrigado por este artigo. Porquê? Porque hoje, já aprendi mais alguma coisa. Saudações ainda natalícias do Francisco.


De paradoxosfilho a 5 de Janeiro de 2007 às 13:34
Obrigado por comentar. Só o Google e a Wikipédia, sobretudo a inglesa e a americana, tendem para o infinito da informação; creio que, nos blogs, devemos antes procurar refletir, coisa paradoxalmente dificultada pelo excesso de informação :-) Abraço.


Comentar post

.Contador

Free Hit Counter
Free Hit Counter
Relógio do Mundo As horas nas principais cidades

.arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.links

.favorito

. Arte

. Afirmações de um pedreiro...

. Paradoxos filho

. Bem aventurados os pobres...

. Dignidade e respeito

. 50 anos

. O poder não é útil

. O Sol e a Lua 3

. Aquecimento global, relat...

. Escrever

.posts recentes

. Sob o signo de Sagitário

. Shministim

. "Desejo ser um criador de...

. hum

. A Verdade interessa

. Toghether

. "The true genius of Ameri...

. On the top of the world

. "De alma e coração", Uran...

. A Democracia americana ai...

. Zeitgeist

.tags

. 25 de abril

. aborto

. américa do sul

. amor

. analogias

. aquecimento global

. aristóteles

. astrologia

. beatles

. bento xvi

. bob dylan

. bolhão

. bom senso

. brasil

. bush

. caos kafkiano

. castelhano

. charlot

. chavez

. cidades

. ciência

. co2

. Constituição

. criatividade

. crise climática

. crop circles

. democracia

. desenvolvimento

. dignidade

. direita

. direitos humanos

. dr. mendes

. durão barroso

. ecologia

. educação

. emoção

. energia

. erro

. espírito

. esquerda

. estética

. ética

. europa

. f. pessoa

. f.pessoa

. família

. fome

. fumar

. g8

. gaia

. gelo

. globalização

. hipocrisia

. hospital

. humildade

. humor

. iatrogénica

. Ibéria

. império

. imprensa

. inconciente

. inconsciente

. infância

. iraque

. Islão

. jihad

. josé socrates

. jovens

. justiça

. karl marx

. lei

. liberdade

. livro-do-desassossego

. lua

. marilyn

. marx

. meninos

. modernidade

. montados

. natal

. naus

. obama

. onu

. opinião pública

. pão

. papa

. paradoxos

. paz

. petróleo

. platão

. plutão

. poder

. razão

. realidade

. respeito

. salazar

. sócrates

. turquia

. utopia

. verdade

. todas as tags

Solar X-rays:

Geomagnetic Field:
>
Status
Status
 
From n3kl.org
OnlineConversion.com É um conversor para todas as medidas